Andava solto como é solta essa cidade.
Andava na necessidade da andança.
E era um dia desses que me atraem tanto,
de brilho fino com pancadas de esperança.

É a cidade quem me avisa calma,
que suas recordações enfrentam o vento
Minha cidade, ela é a própria alma
Ela é o inferno, tudo ao mesmo tempo.
             
Andava assim um pouco preocupado
Em andar pra frente que é como se manda
       
Eu vi o caos em proporções exatas
Jardins, asfaltos e estacionamentos
Eu vi a paz como um projeto tosco
e o progresso como o firmamento

A madrugada esquenta os pensamentos
E essa cidade está ainda mais acesa
Eu daqui me espanto
Com a exuberância dessa incerteza.

Vocais : Clara Barros
Piano elétrico, Synths Moog/ Mopho 
Baixo e Voz: HB