Atravessei o sol, atrás de um poema
Atravessei na contramão da alma pequena
Atravessei a multidão por uma conversa de verdade
e ultrapassei a vaidade para pedir perdão
Me redimi de algumas tramas, mas desisti do roteiro
Eu tinha um mundo inteiro para atravessar na escuridão

Atravessei o mar atrás de uma onda
Que me levasse para bem longe de -gente-de-bem-
Foi numa esquina em Belém que tudo então se revelou
Em uma calçada rockenrou onde a resposta nasceu
E eu virei aquela noite comemorando a vida inteira
e era sexta feira o que me fez continuar

Telefonei à meia noite,
Quis me envolver à uma e meia.
Te fiz feliz à minha maneira
E amanheceu a noite inteira,
até o raiar do primeiro sol.

Atravessei os dias com aquilo em mente
Que normalmente iria deixando para lá
Mas acontece que hoje é dia ..é dia descontinuar
E fui atrás do meu poema que me encantava devagar
Você acenava e eu acenava, e a multidão não deixava ver
O que com todos os detalhes era tão fácil descrever

Bateria - Marcelo VigPiano elétrico, baixo yamaha BEX4,Moog synth, violão de aço e vozes - HB